A caminho da cidade: Migração interna, urbanização e saúde em Angola

Number of Pages: 
82
Year: 
2013
Electronic copy only
Description: 

Devido a diferentes causas, a migração interna é um fenómeno essencial da sociedade angolana. A guerra civil que teve lugar entre 1975 e 2002, assim como a procura de melhores oportunidades, têm um papel importante na migração de milhões de Angolanos.

Este estudo analisa os movimentos internos em Angola e as suas consequências em termos de urbanismo e provisão de serviços de saúde. As conclusões do estudo provam que os fluxos migratórios provocam um crescimento descontrolado das cidades. As entrevistas realizadas em Angola, Huambo e Benguela sublinham que os migrantes internos não sofrem de discriminação no acesso a serviços de saúde. No entanto, é preciso que as autoridades levem em consideração a situação dos migrantes para adaptar a atenção sanitária.

Este estudo é uma iniciativa piloto e oferece informações em primeira mão sobre as migrações internas no país, sendo por tanto uma referência necessária para o desenvolvimento de políticas públicas.

Table of contents: 
  • Lista de abreviaturas
  • Lista de gráficos e tabelas
  • Resumo executivo
  • Executive summary
  • Résumé analytique
  • I. Introdução
    • 1.1 Enquadramento e objectivos
    • 1.2 Metodologia
  • 2. Contexto geral de Angola
  • 3. Migrações internas em Angola
    • 3.1 Breve enquadramento
    • 3.2 Tendências
    • 3.3 Urbanização
    • 3.4 Saúde
    • 3.5 Mapeamento das migrações internas em Angola
    • 3.6 As migrações internas nas províncias de Luanda, Huambo e Benguela
  • 4. Estudos de caso
    • 4.1 Luanda
    • 4.2 Huambo
    • 4.3 Benguela
  • 5. Conclusões e recomendações
    • 5.1 Conclusões
    • 5.2 Recomendações
  • 6. Referências
  • 7. Anexos
Subject: